DICIONÁRIOS TEMÁTICOS

Início » Dicionário de História

Dicionário de História

Jesuítas

N.º de páginas visitadas neste site (desde 15/10/2006):

 

Se existe algum termo de história do qual não conhece o significado ou que gostasse de ver no dicionário, contacte-nos para notapositiva@sapo.pt.
Se é estudante do ensino superior clique aqui.

Jesuítas (ou Companhia de Jesus)

Voltar ao dicionário de história - |A|  |B|  |C|  |D|  |E|  |F|  |G|  |H|  |I|  |J|  |K|  |L|  |M|  |N|  |O|  |P|  |Q|  |R|  |S|  |T|  |U|  |V|  |W|  |X|  |Y|  |Z|

A Companhia de Jesus (também conhecida como Jesuítas), uma congregação religiosa fundada pelo espanhol Inácio de Loiola (futuro Santo Inácio de Laiola), teve a sua "regra" ("a obediência a Deus por intermédio dos seus superiores" aprovada pelo Papa Paulo III em 1540. Esta "regra" jesuíta associada ao facto do superior geral da congregação, escolhido através de eleição, depender directamente da Santa Sé, tornava a Companhia de Jesus como uma espécie de exército religioso ao serviço do Papa.

Detentores de uma forte preparação intelectual, os Jesuítas tiveram uma grande influência quer junto dos reis quer junto da população em geral. Ao longo dos séculos XVI e XVII praticamente possuiram o monopólio do ensino de nível secundário. Além do papel no ensino, os Jesuítas também tiveram um importantíssimo papel na evangelização das populações naturais das terras descobertas por portugueses e espanhóis e na reconversão dos países proptestantes. No caso português, alguns dos Jesuítas que mais se destacaram no processo evangelizador foram S. Francisco Xavier na India, e os padres Manuel da Nóbrega e António Vieira no Brasil.

Para saber mais sobre este tema, utilize o Google:

Google
Início » Dicionário de História
 

© 2006 - NotaPositiva | Todos os direitos reservados