Início » Trab. Estudantes » Educação Física » 8º Ano

Trabalhos de Estudantes

Trabalhos de Educação Física - 8º Ano

 

Ficha de Trabalho - Ginástica

Autores: Beatriz Tomás

Escola: Escola E.B. 2,3 Maria Veleda

Data de Publicação: 13/06/2011

Resumo do Trabalho: Ficha de Trabalho sobre ginástica, realizado no âmbito da disciplina de Educação Física (8º ano).

Ver Trabalho Completo

Comentar este trabalho / Ler outros comentários

Se tens trabalhos com boas classificações, envia-nos, de preferência em word para notapositiva@sapo.pt pois só assim o nosso site poderá crescer.

 

 

 

Ficha de Trabalho - Ginástica

FICHA DE TRABALHO
 

1. Cria uma sequência gímnica com todos os elementos gímnicos que consegues realizar, tendo em atenção que será essa sequência gímnica a ser avaliada na aula de avaliação de Ginástica de Solo. Refere todos os elementos gímnicos onde necessitas de ajudas.

2. De entre os elementos gímnicos da Ginástica de Solo abordados nas aulas de Educação Física, selecciona 4 e descreve os aspectos técnicos fundamentais para que estes sejam realizados com correcção técnica. (ex.: posição das mãos, pés, bacia, etc.)

3. Na ginástica de aparelho, no boque e plinto, já realizámos o salto de eixo e salto entre mãos. Descreve os aspectos técnicos fundamentais para que estes sejam realizados com correcção técnica (ex. corrida, chamada, posição das mãos no aparelho, bacia, etc).

4. Ainda relativamente à Ginástica de Aparelhos, no trampolim, descreve os aspectos técnicos fundamentais para realizar com correcção o salto em extensão, engrupado, carpa, pirueta completa e mortal engrupado à frente.

RESPOSTAS

1. Autorização Inicial
2. Rolamento à frente
3. Salto de gato
4. Meia pirueta
5. Rolamento à retaguarda
6. Meia pirueta
7. Salto de tesoura
8. Apoio facial invertido de cabeça
9. Avião
10. Espargata
11. Autorização final
5, 8 – preciso de ajuda

 

1. Eu escolhi o Apoio Facial Invertido de Cabeça, o Avião, a Ponte e o Rolamento à Frente Saltado.

Para realizar com correcção o Apoio Facial Invertido de Cabeça, deve-se começar por apoiar as mãos e a cabeça (testa) de forma a formar um triângulo, já com o corpo deitado ventralmente; o seguinte passo é elevar a bacia, seguida pelos membros inferiores; quanto tudo isto estiver concluído, colocar os membros inferiores e os pés esticados e estendidos (um dos erros mais frequentes é não esticar estas partes do corpo).

Para realizar com correcção o Avião, deve-se manter as pernas bem esticadas; o equilíbrio apenas numa perna; o tronco paralelo ao solo; os braços esticados, paralelos, à frente da cabeça e manter a posição durante, pelo menos, 3 segundos.


Para realizar de forma correcta a Ponte, deve-se manter as pernas e os braços bem esticados; os pés e as mãos apoiados no solo; os ombros na vertical e a bacia elevada.


Finalmente, para realizar de forma correcta o Rolamento à Frente Saltado, deve-se fazer uma pequena corrida; uma chamada a pés juntos; um voo com o corpo ligeiramente flectido para a frente e engrupar no contacto com o solo.

 
 

2. Para realizar estes saltos, é necessário fazer uma corrida de balanço; uma chamada a pés juntos e a recepção no solo, com as pernas flectidas.
 

Para executar o Salto de Eixo, é essencial fazer a transposição do aparelho, com as pernas bem afastadas e estendidas, com as mãos empurrando o aparelho e com a bacia elevada acima da linha dos ombros.


Já para executar o Salto entre Mãos, é fundamental fazer a transposição do aparelho com as mãos nele apoiadas, os joelhos flectidos junto ao peito e a bacia elevada acima da linha dos ombros.
 

3. Para realizar saltos no minitrampolim, deve-se ter em atenção: corrida de balanço; chamada no solo (só com uma perna de impulso); chamada no minitrampolim (com os pés paralelos, no centro do aparelho e as pernas semiflectidas) e recepção no solo com equilíbrio.

Para realizar o Salto em Extensão é imprescindível os braços para cima, o olhar dirigido para a frente e uma ligeira flexão da bacia, de forma a avançar os pés para a frente, para a recepção.


Para realizar o Salto Engrupado, é indispensável, no ponto mais alto do salto, realizar uma flexão da bacia, com elevação dos joelhos contra o peito; as mãos agarrarem as pernas; o tronco direito e esticar pernas e tronco para a recepção.

Na Pirueta Completa, é fundamental o salto em extensão, a rotação em volta do corpo, para a esquerda ou para a direita, no ponto mais alto do salto virar a cabeça para o lado onde se pretende efectuar a rotação e os braços ajudarem na execução da pirueta.


No Salto de Carpa, é essencial, no ponto mais alto do salto, uma flexão da bacia, com os braços elevados à frente; as pernas esticadas e afastadas; as mãos tocarem nos pés e esticar tronco e pernas para a recepção.
 

Finalmente, no Salto Mortal Engrupado à Frente, é necessário engrupar na subida (joelhos ao peito, fazendo uma rápida cambalhota no ar) e após 3/4 de volta, abertura do movimento, com braços elevados para cima da cabeça, para recepção.

Outros Trabalhos Relacionados

Ainda não existem outros trabalhos relacionados

Início » Trab. Estudantes » Educação Física » 8º Ano