Início » Trab. Estudantes » Educação Física » 12º Ano

Trabalhos de Estudantes

Trabalhos de Educação Física - 12º Ano

 

Componentes de Carga e Principios de Treino

Autores: Cláudia Viriato

Escola: [Escola não identificada]

Data de Publicação: 04/06/2010

Resumo do Trabalho: Trabalho sobre Componentes de Carga e Principios de Treino, realizado no âmbito da disciplina de Educação Física (12º ano).

Ver Trabalho Completo

Comentar este trabalho / Ler outros comentários

Se tens trabalhos com boas classificações, envia-nos, de preferência em word para notapositiva@sapo.pt pois só assim o nosso site poderá crescer.

 

 

 

Componentes de Carga e Principios de Treino

Introdução

Este trabalho foi proposto de modo a se conhecer mais objectivamente o tema Carga de Treinos e também os Princípios de Treino.

Assim a pesquisa foi dividida em vários tópicos dentro dos dois acima referidos, como os objectivos de treino, métodos de treino, entre outros.

Um outro grande objectivo em que consiste este trabalho é que no fim se consiga perceber o que consiste o Treino Físico e a relação com os Princípios de Treino.

Adaptação ao exercício físico

O processo biológico de desenvolvimento da capacidade desportiva é representado pela adaptação dos órgãos que determinam o rendimento. O resultado da adaptação, a modificação do nível funcional das estruturas e dos sistemas orgânicos dos atletas dependem das circunstâncias do treino de competição, se ela é espontânea ou programada.

Estes níveis funcionais apresentam sempre um carácter específico, que depende do perfil concreto da carga e dos movimentos da especialidade escolhida.

- Níveis funcionais diferentes, dependem de:

. Desenvolvimento do atleta;

. Duração do treino;

. Grau de desenvolvimento atingido na especialização.

Treino

Objectivos de treino

Qualquer processo de treino deve ter em consideração a aptidão, a habilidade, a atitude mental e a capacidade intelectual do desportista.

Os objectivos de treino dividem-se em:

. Objectivos psicomotores – abrangem as capacidades condicionais e coordenativas que estão no centro do processo da aprendizagem;

. Objectivos cognitivos – englobam os conhecimentos tácticos e técnicos do desportista, permitindo uma maior eficácia do treino;

. Objectivos afectivos – incluem a força de vontade, a superação, o domínio de si mesmo e correlacionam-se com os factores físicos da prestação desportiva podendo limitá-los. 

Conteúdos de treino

É o conjunto de exercícios devidamente seleccionados que visam atingir o objectivo previsto de uma forma eficiente e económica. 

Meios de treino

Englobam todos os meios e medidas práticas que se utilizam para um normal desenvolvimento do processo de treino. Os meios de treino variam de acordo com os conteúdos do próprio treino.

Métodos de treino

Os métodos de treino visam atingir os objectivos fixados, utilizando procedimentos práticos cuidadosamente planeados.

Carga de treino

A carga de treino é entendida como a causa que provoca alterações no organismo, inclui a repetição sistemática de exercícios físicos que induzem a uma serie de mudanças no corpo. Para melhorar a capacidade de prestação desportiva deve recomendar-se a estímulos de carga apropriados, provocando uma actividade qualitativamente superior dos diferentes sistemas e grupos musculares, com base em duas propriedades do corpo humano: a capacidade funcional e a capacidade de adaptação.

Todo o ser humano possui uma capacidade funcional bem definida, em função dos factores endógenos e factores exógenos que permitem estabelecer e realçar diferenciações inter-individuais.

Os factores endógenos dizem respeito ao conjunto de características que determinam as aptidões dos seres vivos e condicionam o limite superior de desenvolvimento de capacidades motoras e funcionais de cada atleta. Estes foram interpretados como as potencialidades dos atletas.

Os factores exógenos dizem respeito ao contexto social em que vivem os atletas e cujas possibilidades de desenvolver as aptidões depende de um vasto conjunto de variáveis materiais e sociais. Estas determinam as capacidades dos atletas.

A capacidade funcional do homem é uma propriedade fundamental que se exterioriza pela elevada capacidade de trabalho do organismo e pela faculdade acrescida de mobilizar todas as suas capacidades de modo a satisfazer as tarefas da vida diária, assim como as actividades desportivas.

A capacidade funcional máxima foi considerada o somatório de capacidade funcional real, o que corresponde à possibilidade de resposta que o atleta pode realmente fazer, enquanto a capacidade funcional de reserva é o que poderá vir a ser feito.

Pelo treino melhora-se a capacidade máxima total, o que permite ao atleta transformar, no momento desejado, as suas potencialidades em resultados desportivas.

Componentes de carga

. Intensidade de estímulo (grau de aplicação de cada um dos estímulos);

. Densidade dos estímulos (tempo que medeia entre a aplicação da carga e a respectiva recuperação);

. Duração do estímulo (tempo de impulso de um estimulo isolado ou de uma serie de estímulos);

. Amplitude de estímulo (numero e duração dos estímulos em cada unidade de treino);

. Frequência de treino (numero das unidades de treino por dia ou por semana)

Princípios do treino

Princípios (reguladores biológicos) do treino

. Princípio da Sobrecarga: O nível de estimulação da carga tem que ser significativo para que a adaptação seja progressiva;

. Princípio de Especificidade: O estímulo deve ser próprio da modalidade porque diferentes cargas provocam diferentes adaptações;

. Princípio de Reversibilidade: Com a paragem da estimulação o nível atingido pelo atleta perde-se pois as adaptações provocadas pela carga são transitórias;

. Princípio do Efeito Retardado da Carga: O efeito da carga não é imediato pode ser retardado ou acumulado.

Princípios (pedagógicos) da aplicação da carga

. Princípio de Ciclicidade: O produto final é contínuo mas é feito de altos e baixos (ciclos);

. Princípio da Individualização: A carga deverá ter em conta a capacidade funcional do indivíduo.

Conclusão

Com este trabalho podemos perceber que todo o processo em que consiste o Treino está inteiramente relacionado com os Princípios de treino, pois desde que se planeia o treino até mesmo ao momento em que se verifica as cargas que são mais adequadas a cada indivíduo nunca podemos esquecer a importância dos princípios de treino.

Podemos também observar que por vezes não damos a devida importância a todos os tópicos que vão sendo referidos ao longo deste trabalho no nosso quotidiano.

Bibliografia

http://lexicodotreino.no.comunidades.net

http://www.sportec.com.pt

http://treino.desnivel.pt

http://treinadoreshp.blogspot.com

http://www.eseb.ipbeja.pt

http://www.jefersonvianna.hpg.ig.com.br

http://efartigos.atspace.org/fitness/artigo22.html

http://cafhdownloads.planetaclix.pt

http://magicomomento.blogspot.com/2006/11/princpios-do-treino.html

 

 

Outros Trabalhos Relacionados

Ainda não existem outros trabalhos relacionados

Início » Trab. Estudantes » Educação Física » 12º Ano