Início > Trab. Estudantes > Ciências > 9º Ano

Trabalhos de Estudantes

Trabalhos de Ciências - 9º Ano

Gónadas e células sexuais

Autores: Maria Beatriz Conniot

Escola: Escola Secundária c/ 3º C.E.B. da Batalha

Data de Publicação: 12/04/2008

Resumo do Trabalho: Trabalho sobre gónadas e células sexuais realizado no âmbito da disciplina de Ciências. Ver o Trabalho Completo

Comentar este trabalho / Ler outros comentários

Se tens trabalhos com boas classificações, envia-nos, de preferência em word para notapositiva@sapo.pt pois só assim o nosso site poderá crescer.

 

 

Gónadas e células sexuais

Introdução

A transmissão de vida só é possível quando os órgãos genitais internos atingem a maturidade. A maturidade revela-se pela produção de gâmetas nas glândulas sexuais, ou gónadas.

Existem as gónadas femininas (ovários), e as masculinas (testículos). Nos ovários formam-se os gâmetas femininos, denominados também por óvulos. A células que vão formar os óvulos encontram-se já nos ovários da criança recém-nascida, formam-se entre o segundo e o sexto mês de gestação e fazem parte de estruturas intituladas de folículos ováricos.

Por sua vez, os testículos têm como função produzir um elevado número de espermatozóides, desde a fase da puberdade até ao fim da vida do homem.

Nesta actividade experimental fizemos a observação macroscópica de testículos de boi (actividade 1), e a observação microscópica de ovários humanos (preparação definitiva) (actividade 2).

Objectivos

. Observar macroscopicamente testículos de boi e de espermatozóides;

. Compreender a constituição de um testículo;

. Observar microscopicamente ovários humanos;

. Compreender a constituição de um ovário.

 

Material

(actividade 1)

- testículos de boi;

- M.O.C;

- bisturi/faca;

- pinça;

- agulha de dissecção;

- 2 caixas de Petri;

- lâminas de vidro;

- lamelas.

(actividade 2)

- M.O.C. ;

- preparação definitiva de um corte de ovário humano.

O material pode ser visto na imagem 1 do anexo.

Procedimento

(actividade 1)

- Com a ajuda de uma pinça e da tesoura retirou-se o escroto. Observou-se o testículo, o epidídimo e o canal deferente.

- Com o auxílio do bisturi dividiu-se longitudinalmente o testículo segundo o eixo maior. Observou-se a cápsula externa e a massa de tubos interna. Com a agulha de dissecção isolaram-se tubos seminíferos.

- Observou-se. Representou-se esquematicamente a organização interna do testículo.

- Obteve-se uma secção transversal do epidídimo. Com a ajuda da pinça e da tesoura abriu-se longitudinalmente e desenrolou-se.

- Esmagou-se a porção de tubos e colocou-se numa lâmina de vidro numa gota de água. Cobriu-se com a lamela e observou-se ao M.O.C.. Representou-se os espermatozóides.

 (actividade 2 )

- Observou-se ao M.O.C as preparações definitivas, na maior e na média ampliação.

- Fez-se um desenho daquilo que se observou na menor ampliação.

Conclusão

Com esta actividade percebemos que os testículos são constituídos pelos lobos testiculares, que por sua vez se sub dividem nos lóbulos testiculares. Têm como função produzir testosterona - hormona sexual masculina - e espermatozóides, esses que estão no chamado esperma ou líquido espermático, constituído pelos líquidos seminal e prostático.

Os ovários contêm folículos em desenvolvimento, e também vasos sanguíneos. Os ovários produzem os gâmetas femininos, ou seja, os óvulos e ainda progesterona e estrogénios, as hormonas sexuais femininas.

Anexos

 

Fig.1 material utilizado

Bibliografia

. http://www.plenarinho.gov.br/educacao/imagens/orientacao_sexual.jpg

. http://www.exames.org/apontamentos/Biologia/biologia-reproducaohumana.doc

. Silva, Amparo Dias da et al , Planeta Vivo, Porto , Porto Editora.

 

Outros Trabalhos Relacionados

Ainda não existem outros trabalhos relacionados

 

 

Início > Trab. Estudantes > Ciências > 9º Ano